Meus Artigos

A grandeza dos pequenos gestos


A grandeza dos pequenos gestos

Na veja São Paulo da semana passada o Walcyr Carrasco escrevo uma crônica “Romântico ritual”, ao ler várias lembranças de fragmentos de sessões de psicoterapia vieram em minha cabeça. Muitos de meus pacientes sendo esses os mais variados possíveis, idade, formação, sexo etc. Se queixavam que o mundo anda pouco romântico, parecem que as pessoas não têm mais tempo para nada, inclusive para pequenas gentilezas, ou mesmo alguns minutos de dedicação para escutar e dar uma palavrinha carinhosa a quem gostamos.

Na crônica ele diz: “Participar de batizados, de bodas de prata, oferecer um jantar a um amigo que conseguiu um bom emprego ou enviar flores para quem lançou um livro, escolher cuidadosamente um vinho ao amigo que tanto gosta são delicadezas que muita gente acredita ser ultrapassadas. O mundo moderno é rápido, pratico, e tantas pequenas coisas parecem ter perdido a razão de ser. Mas eu acredito nesses rituais que marcam os bons momentos da vida. Rituais que estabelecem laços expressam afeto, falam de emoções! Fracamente, não tenho medo de ser tachado de brega, cafona ou coisa que o valha.”

Percebo através de muitos dos meus pacientes a grandeza dos pequenos gestos.  Normalmente começa a semana, e é conta para pagar, filho para levar a escola, a natação, ao inglês... Sem contar o transito cada vez mais caótico, da dor de cabeça que teima em não ir embora... Muito trabalho, a cabeça cheia... E ai quando se chega em casa um mimo enviado por uma amiga (o) pode fazer uma grande diferença, uma palavra carinhosa, um telefonema ao longo dia para saber como estamos entre outros pequenos gestos e todos eles dizem como é tão bom!

Acredito baseados em fatos que uma das grandes alegrias do dia a dia das pessoas é pequenos gestos de gentileza que recebemos das pessoas que nos querem bem... Não estou falando de coisas matérias, mas sim de carinho, consideração, respeito e amizade. Definitivamente as pessoas padecem dessas pequenas gentilezas e isso não é brega

 A vida é feito de pequenos gestos e essas emoções são uma das poucas coisas que levamos nessa vida... por isso muito obrigada a vocês que me ajudaram a reafirmar o que eu  pensava  e que a vida de todos vocês seja recheada de mini-felicidades e  de pequenos gestos  carinhosos !

Alessandra Andre – Psicóloga         

Julho 2010


Voltar

 

Dra. Alessandra Rosa Andre
Rua Fernando Falcão, 298 - Mooca - São Paulo - SP
Rua Edmundo Xavier, 264 - Tatuapé - São Paulo - SP


Desenvolvido por SB Studio